Eu, passarinho – 18.02.2012

No dia seguinte lá fomos nós de novo. Um pouco mais tarde, começamos o trabalho umas 6h30.

Em direção a Rua Cardeal Arco Verde colamos pássaros em pontos de ônibus, nos faróis de pedestre, nas grades das calçadas. Grande parte dos pássaros que pusemos no dia anterior já foram retirados. Ainda não sabemos direito como, nem por que. Parece que algumas pessoas levaram os pássaros para casa. Pelo menos foi o que nos disseram.

01

02

03

04

05

06

08

09

10

11

12

13

14

15

16

Ficamos até um pouco mais tarde para ver a interação das pessoas. E foi bem bacana perceber um novo olhar, uma descoberta, um apontar de dedo, um sorriso, um registro fotográfico em direção a cada pássaro e a paisagem composta a partir desse olhar.

Voltamos a noite. Novamente quase todos os pássaros já tinham ido embora. Vai ver levantaram novos vôos.

A intervenção durou menos tempo que imaginávamos mas acho que conseguimos nesse pouco tempo atingir nosso objetivo: provocar um olhar mais poético para aquele espaço urbano tão presente e ao mesmo tempo tão invisível no nosso cotidiano.

Anúncios

  1. Meu registro de um dos passarinhos que fez nosso dia mais alegre!

  2. Carol, que lindo! Ficamos muito feliz.
    Essa é a ideia: provocar leves sorrisos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s